Está procurando placas de vídeo que cabem no orçamento para montar seu computador game ou ter um melhor desempenho no trabalho ou dia a dia? Nesse artigo selecionamos algumas para você conferir e escolher a melhor placa de vídeo barata para você!

Melhor placa de vídeo barata

Independentemente do seu objetivo, escolher a placa de vídeo certa é crucial para o sucesso de suas tarefas. Felizmente, existem muitas opções no mercado que oferecem uma boa relação custo-benefício.

Ao optar por uma placa de vídeo boa e barata, você pode desfrutar de gráficos incríveis em seus jogos favoritos, aumentar a velocidade de renderização em programas de edição de fotos e vídeos e até mesmo tornar sua experiência de navegação na web mais fluida.

Então, se você quer melhorar o desempenho do seu computador sem gastar muito continue lendo este artigo!

💡 Veja também: Placa de vídeo para programador

O que define se uma placa de vídeo é boa? 

A placa de vídeo é um componente fundamental para exibir imagens na tela do computador e pode ser utilizada para rodar jogos e softwares que exigem alto desempenho visual. Portanto, quanto mais núcleos a placa de vídeo tiver, melhor será sua performance. Isso se deve ao fato de que são os núcleos do processador gráfico que realizam tarefas como a renderização de imagens.

Existem outros fatores importantes a serem considerados ao escolher uma placa de vídeo adequada para suas necessidades, como a quantidade de memória de vídeo, a largura de banda da memória e a interface de conexão com a placa-mãe do computador.

Além disso, é essencial verificar a compatibilidade da placa de vídeo com o resto do sistema e garantir que sua fonte de alimentação seja adequada para suportar a nova placa.

Em resumo, para garantir uma boa performance visual em jogos e softwares que exigem alto desempenho, é importante escolher uma placa de vídeo com um bom número de núcleos de processamento gráfico e verificar outros fatores importantes, como a memória de vídeo e a compatibilidade com o sistema.

O que levar em conta ao analisar as melhores placas de vídeo?

Existem diversos critérios a serem considerados, como o seu perfil de uso, velocidade do processador e número de núcleos são exemplos de detalhes que podem fazer toda a diferença no desempenho da sua GPU.

Além disso, é importante verificar se a placa de vídeo é integrada à CPU ou dedicada e se ela conta com suporte a tecnologias avançadas, como o Ray Tracing.

Também é essencial levar em conta outros fatores importantes, como a quantidade de memória de vídeo, a largura de banda da memória e a interface de conexão com a placa mãe do computador.

Enfim, escolher a melhor placa de vídeo envolve uma série de critérios importantes, desde o perfil de uso até fatores técnicos, como a quantidade de memória de vídeo e a interface de conexão. Mas vamos falar mais detalhadamente abaixo e te ajudar com algumas perguntas que você pensar antes de escolher sua placa!

1. Para que você vai usar a placa de vídeo?

Primeiramente, é importante definir suas necessidades antes de escolher uma GPU específica.

Vale lembrar que não são apenas os gamers que podem se beneficiar de uma boa placa de vídeo. Se você trabalha com edição de fotos ou vídeos, por exemplo, uma placa de vídeo dedicada pode ajudar a acelerar o processamento e melhorar o desempenho do seu computador.

Resumindo, antes de escolher uma placa de vídeo, defina suas necessidades e o uso que fará do computador. Com essas informações em mente, você estará mais preparado para escolher a placa de vídeo ideal para suas necessidades e orçamento!

2. Vídeo integrado ou dedicado

Se você usa o computador para atividades leves, como navegar na internet e assistir a vídeos, uma placa de entrada ou integrada será suficiente. No entanto, se você deseja rodar jogos ou realizar tarefas mais pesadas, é recomendável investir em placas de vídeo dedicadas, que oferecem melhor desempenho.

As placas dedicadas são essenciais gamers e profissionais de diversas áreas, como designers gráficos e cientistas de dados. Além disso, áreas como inteligência artificial, meteorologia e medicina também demandam o uso de placas de vídeo dedicadas para a análise de grandes volumes de dados.

3. Tem Ray Tracing?

Para quem procura uma placa de vídeo para jogos, é fundamental considerar as tecnologias disponíveis para fazer a melhor escolha. Investir em uma placa mais atual, mesmo que um pouco mais cara, pode garantir desempenho satisfatório para jogos por muitos anos.

Uma das tecnologias atuais é o Ray Tracing, que simula o comportamento real da luz em jogos. Ao implementá-lo, os jogos ganham cenários mais realistas, com efeitos de iluminação naturais, reflexos, dispersão de luz em superfícies e sombras seguindo as regras da física.

No entanto, executar essa simulação em tempo real exige um hardware poderoso. Apenas placas de vídeo mais recentes suportam o Ray Tracing.

4. Qual é a memória e largura de banda?

Além de tudo o que dissemos até agora, é importante considerar também o tipo e quantidade de memória RAM disponível nela. A VRAM, como é chamada a memória da placa, é responsável por armazenar e processar as informações gráficas que serão exibidas na tela.

Sendo assim, quando se trata de escolher entre diferentes modelos de placas de vídeo, é recomendado optar por aquelas que possuem maior quantidade de RAM e tecnologia mais recente. Além disso, a largura de banda também é uma métrica importante a ser considerada.

Placas de vídeo com maior largura de banda tendem a ter melhor desempenho e podem compensar a quantidade de memória RAM disponível. Portanto, ao escolher sua placa de vídeo, verifique a largura de banda e escolha um modelo que ofereça a melhor performance para as suas necessidades.

5. Qual é a velocidade do processador gráfico?

O clock do processador gráfico é a velocidade de processamento e quanto maior o MHz, melhor o desempenho. É importante notar que cada fabricante de placa de vídeo tem suas próprias faixas de velocidade anunciadas. A AMD informa três números: o clock base, uma velocidade intermediária estável para jogos e o turbo. Por outro lado, a Nvidia informa o clock base e o turbo, que é uma faixa de velocidade que pode ser atingida em alguns cenários, mas que normalmente não é estável por longos períodos de tempo. É essencial não confundir o turbo com a velocidade máxima da placa.

6. Quantos núcleos possui a placa de vídeo?

Por fim, uma das especificações que você deve considerar é a quantidade de núcleos que o processador gráfico possui. Quanto mais núcleos, maior é a capacidade de processamento e melhor será o desempenho da placa.

No entanto, é importante lembrar que não é possível comparar diretamente o número de núcleos entre diferentes gerações e marcas de placas de vídeo. Por exemplo, as placas da Nvidia possuem núcleos CUDA, enquanto as placas da AMD possuem processadores de fluxo. Para fazer uma comparação precisa, é necessário considerar produtos da mesma marca e geração.

Vale lembrar que a quantidade de núcleos e a velocidade do clock do processador gráfico trabalham juntos para determinar o desempenho da placa.

A melhor placa de vídeo barata

Dizer o que é ou não é barato pode ser um pouco complicado, uma vez que tudo dependerá das características da placa, os benefícios que ela trará e para que tipo de função ela será usada. No entanto, separamos algumas opções com preços menores se comparados a outras placas disponíveis. Veja abaixo:

Placa de vídeo GPU NV RTX3060 12GB

Produzida pela Nvidia, essa placa de vídeo conta com 12GB de memória e é capaz de oferecer ótimo desempenho em jogos e aplicativos de alta exigência.

Ela oferece uma grande quantidade de núcleos de processamento e uma taxa de clock base de 1.32 GHz. Além disso, inclui tecnologias avançadas como o Ray Tracing, que comentamos ali em cima!

Se você é um jogador ou um profissional que trabalha com criação de conteúdo, essa placa de vídeo pode ser o que você procura ou precisa!

Placa de Vídeo Galax GTX1650EX GDDR6 4GB

A placa de vídeo Galax GTX1650EX GDDR6 4GB é uma opção interessante para quem busca um bom desempenho em jogos e atividades gráficas. Ela apresenta uma largura de banda mais rápida do que as versões anteriores da GTX1650, garantindo uma experiência mais fluida e sem travamentos.

É uma boa opção para quem busca um componente econômico, sem abrir mão de qualidade. Com preço acessível em relação a outras placas de vídeo mais avançadas, ela é uma escolha interessante para quem está montando um computador gamer de entrada ou quer fazer um upgrade no hardware sem gastar muito.

Em suma, se você busca um componente que equilibra custo e benefício, vale a pena considerá-la em sua escolha!

Placa de Vídeo Afox Radeon RX550 4GB

A placa de vídeo Afox Radeon RX550 4GB também é uma boa opção para quem deseja uma melhoria no computador. Ela oferece uma velocidade de clock de 1183 MHz, proporcionando uma performance razoável para jogos em resoluções mais baixas e tarefas gráficas mais simples.

Com 4GB de memória, essa placa é capaz de lidar com jogos mais antigos e menos exigentes. Também possui um sistema de refrigeração eficiente, com um cooler de dois ventiladores que ajuda a manter a temperatura da placa sob controle.

No entanto, é importante ressaltar que essa placa não é recomendada para jogos mais recentes e exigentes em termos de recursos gráficos. Se você busca alta qualidade gráfica e desempenho em jogos modernos, é recomendado investir em uma placa mais potente.

placa de Vídeo Nvidia Geforce GT740 GDD5 4GB

A Nvidia Geforce GT740 GDD5 4GB é capaz de rodar jogos em resoluções de até 1080p com qualidade satisfatória.

Ela conta com 384 núcleos CUDA e clock de 993MHz, o que garante um desempenho razoável em jogos e aplicações gráficas.

Em contrapartida, é importante sabe que é uma placa de vídeo bastante antiga. Portanto, ela pode não ser capaz de rodar os jogos mais recentes em configurações gráficas avançadas. Além disso, por se tratar de uma placa de entrada, ela pode apresentar limitações em aplicações mais pesadas e exigentes.

Enfim, é uma opção acessível para quem busca melhorar a performance gráfica do computador, mas não precisa de uma placa de alto desempenho. Sendo assim, é mais indicada para jogos e aplicações leves.

placa de Vídeo Nvidia Geforce GT1030 2GB

A placa de vídeo Nvidia GeForce GT1030 2GB oferece um desempenho confiável em jogos e aplicações que exigem processamento gráfico.

Ela é capaz de processar imagens com alta qualidade e definição. Além disso, sua largura de banda de memória de 64 bits proporciona uma comunicação rápida e eficiente com o restante do sistema.

Com relação ao consumo de energia, a GeForce GT 1030 é bastante eficiente, exigindo apenas 30 watts de potência máxima. Isso a torna uma excelente opção para quem procura um upgrade de desempenho sem precisar trocar a fonte de alimentação do computador.

Placa de Vídeo PowerColor AMD Radeon RX550 4GB

Por fim, a placa de vídeo PowerColor AMD Radeon é capaze de oferecer imagens de alta qualidade e boa fluidez em jogos menos exigentes.

A placa suporta até três monitores simultaneamente, o que pode ser uma vantagem para quem gosta de jogar em tela cheia e ainda manter outras aplicações abertas, ou para quem necessita de várias telas para trabalhar.

Ademais, é uma boa opção para quem busca uma placa de vídeo silenciosa, pois seu sistema de resfriamento utiliza apenas um fan, o que reduz significativamente o ruído gerado durante o uso.

É uma placa de vídeo com um bom custo-benefício!

Conclusão

Em resumo, se você está procurando as melhores placas de vídeo baratas, existem diversas opções no mercado que oferecem um bom desempenho sem quebrar o seu orçamento. Ao considerar fatores como a quantidade de memória VRAM, largura de banda, clock do processador gráfico e número de núcleos, é possível encontrar uma placa que atenda às suas necessidades.

Marcas como AMD e Nvidia oferecem modelos para diferentes faixas de preço, desde opções de entrada até modelos mais avançados. Certifique-se de fazer uma comparação cuidadosa entre as opções disponíveis para escolher a melhor placa e aproveitar ao máximo os seus softwares, afinal, você não vai querer investir em um hardware que te trará dor de cabeça depois, não é?

Enfim, curtiu o assunto? Então, te convidamos a continuar navegando pelo nosso blog! Clicando aqui você verá assuntos semelhantes a esse para te ajudar em suas escolhas!

Se você é programador, confira nosso catálogo de cursos! Lá você encontra aulas sobre linguagem de programação e outros temas que te ajudarão nessa careira!

Nos vemos no próximo artigo!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments